É apaixonado por fusca? Veja 9 curiosidades sobre o modelo que talvez você não saiba

Desde de 1950, quando o fusca chegou ao Brasil, esse modelo ganhou diversos fãs apaixonados, um amor que dura até os dias de hoje, mesmo depois do fim de sua fabricação. O modelo possuía o nome de Volkswagen Sedan, e só depois ganhou o apelido carinhoso de fusca, que acabou substituindo o nome original. Com uma gigantesca importância no setor automotivo, o fusca possui um dia próprio no calendário mundial, que é comemorado no dia 22 de julho, data em que o Prof. Dr. Ferdinand Porsche assinou o contrato que deu início ao desenvolvimento e fabricação do modelo. 

 



O fusca foi lançado na Alemanha, em 1938, por Ferdinand Porsche a pedido de Adolf Hitler, que queria um carro compacto e barato e precisava atender algumas exigências do ditador como: ser capaz de carregar dois adultos e três crianças, além de manter a velocidade média de 100 km/h sem ultrapassar o consumo de 13 km/litro de combustível. O Volkswagen contava com motor refrigerado a ar, sistema elétrico de seis volts e câmbio seco de quatro marchas. São mais de 80 anos de história e curiosidades sobre o fusca, um dos carros mais queridos do mundo. Conheça algumas curiosidades sobre o modelo:

 

 

1- O fusca teve cerca de 3,3 milhões de unidades produzidas no Brasil entre 1959 e 1986 e liberou o mercado nacional de vendas durante 24 anos.

 

2- No dia 20 de janeiro é comemorado o dia do fusca no Brasil, a data ganhou espaço no calendário nacional devido ao 1° encontro Nacional de Fuscas, em São Paulo, uma parceria da Volkswagen com o Sedan Clube do Brasil.

 

3-  O fusca teve mais de 21,5 milhões de unidades vendidas mundialmente. O México foi o último país a encerrar a fabricação do modelo, na fábrica de Puebla, em 2003.

 

 

4- Por mais de 60 anos o design de motor do Fusca se manteve o mesmo.

 

5- O fusca já foi eleito o carro mais influente do século 20 pela Global Automotive Elections Foundation.

 

6- No dia 3 de janeiro de 1959 nascia o primeiro fusca com 54% de peças nacionais. Fabricado na unidade de São Bernardo do Campo da Volkswagen, o primogênito foi vendido por Cr$ 471.200 no dia 7 de janeiro ao empresário paulistano Eduardo Andrea Matarazzo, filho do conde Francisco Matarazzo Júnior – admirador de automóveis e aviões.

 

7- Os 30 primeiros Fuscas chegaram ao Brasil em 1950, importados pela família Matarazzo. As décadas de 1960, 1970 e início dos 1980 foram totalmente dominadas pelas vendas do compacto.

 

8- O Fusca só perde seu posto de veículo produzido por mais tempo para a Volkswagen Kombi.

 

9- O fusca ganhou diferentes nomes ao redor do mundo, na maioria dos países o apelido remete ao formato arredondado que lembra um besouro.

 

 

Quer saber mais curiosidades sobre o setor automotivo? Siga a página do facebook da Saint-Gobain Autover e veja dicas, novidades e informações sobre os vidros automotivos.

NEWS-VERLAUF