Veja quando fazer a troca de vidro de carro

Por mais simples que pareça, fazer a troca de vidro de carro não é uma questão clara para todos. Na hora que surge um trinco ou uma rachadura nos vidros do automóvel uma das primeiras perguntas que surge é: Preciso mesmo trocar o vidro ou posso apenas reparar? Em casos mais simples é possível fazer apenas o reparo, porém os vidros são parte estrutural do veículo, são eles que garantem a segurança do motorista e dos demais passageiros contra o vento, poeira e objetos nas ruas e avenidas, entre outras perigosas situações. 


Área de visão crítica do motorista

Segundo a resolução 216/2006 do Código Nacional de Trânsito (Contran), é proibido circular com os vidros que apresentam uma rachadura maior de 10 cm de comprimento. Trinco ou rachadura também não podem estar na área crítica de visão do motorista. As fraturas circulares não podem ultrapassar quatro centímetros de diâmetro. Caso a troca de vidro de carro não seja efetuada, os veículos que não cumprirem essa norma serão apreendidos, o motorista pode ser autuado com multa grave no valor de R$ 195,23, além da inclusão de cinco pontos na carteira de habilitação.


Vidros laterais e traseiro

Se os vidros laterais sofrerem algum impacto, eles podem comprometer a segurança dos passageiros do veículo. Diferente do vidro do para-brisa, que é composto pelo vidro laminado, o vidro temperado, aplicado nas laterais do automóvel, não possui o pvb que mantém os cacos de vidro unidos quando há uma quebra. Ao partir, o vidro temperado irá se despedaçar em vários cacos. Por isso, mesmo que seja um trinco ou uma pequena rachadura, é importante fazer a troca de vidro de carro para manter a sua segurança e dos demais passageiros.


Parte interna do vidro

O vidro pode sofrer trinca ou rachadura interna por diversas razões, entre elas está ligar o ar-condicionado direcionado para os vidros em altas temperaturas. Caso apareça um dano nos vidros na parte interna do veículo, é recomendado a substituição imediata, devido à diferença de pressão do carro, os vidros podem se soltar por inteiro ou, no caso dos vidros das laterais e traseiro, estilhaçar. A troca de vidro de carro é necessária para evitar graves acidentes.


Antes de viajar

Se o para-brisa do seu automóvel estiver trincado ou com uma pequena rachadura, não deixe de fazer a trocar de vidro de carro antes de viajar. Ao andar em estradas a velocidade do veículo é muito maior do que nas ruas e avenidas, o que reduz drasticamente a resistência ao vento, aumentando os riscos do vidro se soltar por inteiro, o que pode ocasionar um acidente grave.



Caso o vidro do seu para-brisa esteja com um trinco ou rachadura e se encaixa em uma das situações que citamos, não deixe de fazer a reposição do vidro do seu automóvel. A Saint-Gobain Autover oferece vidros considerados originais para reposição, pois possuem as especificações das montadoras. Se ainda está com dúvidas leia aqui e saiba tudo sobre nossos vidros.

 

NEWS-VERLAUF