Para que serve o rodízio de pneus?

Cuidar do seu veículo é uma etapa extremamente importante para sua segurança e dos demais passageiros. Os pneus interferem diretamente na segurança de um veículo, por isso é necessário realizar cuidados rotineiros para aumentar sua durabilidade. O rodízio de pneus é indicado quando os pneus do veículo estão carecas, ou seja, perderam a aderência ao solo, fundamental na hora da frenagem. Sabe quando você freia o carro e ele só vai parar depois de uma longa distância? É um grande indício de pneus carecas.

Mesmo com bons reflexos o condutor corre o risco de sofrer um acidente devido à falta de aderência dos pneus, comprometendo drasticamente a segurança ao volante. Em dia de chuvas o perigo é ainda maior, pois pode ocorrer a aquaplanagem, quando uma camada fina d’água se forma entre os pneus e o solo. Os sulcos que expelem a água ficam sem profundidade, fazendo com que o veículo perca contato com o asfalto e deslize de maneira descontrolada pela pista, aumentando o risco de graves acidentes.

Pneus carecas também tornam a direção do veículo instável e desconfortável, em altas velocidades o motorista pode sentir trepidações e barulhos vindos das rodas. Os perigos de circular com pneus carecas não param por aí, em casos extremos, o pneu pode estourar devido ao desgaste. Circular com pneus carecas é considerado infração grave, com multa no valor de R$ 195,23 e 5 pontos na CNH.

Uma das alternativas para o problema dos pneus carecas é o rodizio de pneus, que é recomendado apenas quando os pneus dianteiros estiverem desgastados. Pneus mais gastos desequilibram o veículo e trazem problemas de comportamento e aderência. A tração geralmente fica nas rodas dianteiras, em alguns modelos de carros estão presentes nas traseiras também, por isso o desgaste dos pneus dianteiros ocorre de maneira diferente.

 

O rodízio de pneus nada mais é que troca das rodas dianteiras pelas traseiras, ou seja, quando os pneus da frente estiverem mais deteriorados pode-se substituir pelos pneus de trás. Além de prevenir que os pneus bons tenham um desgaste acentuado, o rodízio de pneus também evita a troca antecipada. É importante ficar atento, os pneus dianteiros também têm seu desgaste específico.

Não deixe para fazer o rodízio dos pneus apenas quando a situação estiver fora de controle. As revisões periódicas, determinadas pelo fabricante do veículo ou a cada 10.000 km rodados, são importantes situações que indicam se é preciso fazer os rodízios dos pneus ou caso seja preciso trocá-los. É indispensável fazer os rodízios para que os pneus se desgastem de maneira homogênea, e assim, mantenha o equilíbrio do veículo em todas as situações, o que garantirá maior segurança.

 

Manter o veículo revisado é a principal etapa para detectar graves problemas com os pneus e outros componentes do veículo. Se o problema do seu carro estiver nos vidros, a Autover está aqui para oferecer vidros considerados originais para reposição da fabricante Saint-Gobain Sekurit.

NEWS-VERLAUF