Veja os principais erros cometidos com carro automático e como evitá-los

O carro automático ganhou espaço no setor automotivo. Hoje é possível encontrar esse tipo de transmissão em veículos considerados mais populares, o que antes só era possível para compradores de modelo de luxo. O número de motoristas procurando por esse novo estilo também cresce a cada dia, uma das razões principais é o conforto que o câmbio com transmissão automática oferece.

Enquanto um carro manual é equipado por pedal e sistema de embreagem, o automático utiliza um conversor de torque, fazendo com que a mudança das marchas ocorra em função da velocidade do veículo e da rotação imposta ao motor, dispensando o acionamento manual de uma alavanca.

 

A direção com o carro automático pode parecer mais simples que o manual, exatamente por isso alguns motoristas acabam descuidando da direção, o que prejudica a vida útil do veículo e faz a máquina apresentar um desempenho insatisfatório. Antes de ver os principais erros cometidos com o carro automático, se familiarize com as posições do câmbio, caso não conheça:

 

 

Câmbio do carro automático

 

 

P –  PARKING (estacionamento): Posição para ser usada quando o carro está parado, pois trava o câmbio e impede a movimentação do carro, mesmo que o motor permaneça em funcionamento e mesmo que você pressione o acelerador.

N – NEUTRO: O carro também não se movimenta nessa posição, mesmo ligado e acelerando. A diferença para o parking é que as rodas não ficam travadas.

R – Engata a marcha ré. Para ser utilizada apenas em manobras.

D – DIVRE (dirigir): É posição em que o câmbio trabalha e faz o carro se movimentar ao passo em que faz as trocas de marcha sozinho. Antes de colocar a alavanca na posição D, esteja com o pé no pedal de freio.

 

Agora sim, vamos para os principais erros cometidos com carro automático e algumas dicas para evitar que situações assim ocorram com você:

 

 

Usar o pé esquerdo na frenagem

Esse é um dos erros mais comuns entre os motoristas que acabaram de sair do carro manual para o carro automático. Como estão acostumados a utilizar o pé esquerdo na embreagem acabam pisando no freio com força, provocando uma freada brusca no veículo, podendo causar até acidentes. Uma dica é dobrar a perna esquerda durante todo o percurso, para evitar o movimento automático de usar o pedal.  

 

 

Engate incorreto

 

Ao trocar a marcha, além de olhar para alavanca, dê uma conferida se o visor luminoso do painel está acesso, antes de pisar no acelerador. Alguns câmbios não possuem engate muito preciso, o que pode gerar equívocos. É muito comum motoristas acharem que o câmbio está no Neutro, mas ele continua engatado no D ou no R, fazendo com que o veículo rode.

 

 

Veículo em movimento na posição N

 

Para tentar economizar combustível alguns motoristas colocam o carro em movimento na posição N, para que o veículo fique mais “solto”, porém ao fazer isso você poderá danificar o câmbio por falta de lubrificação.

 

 

Não usar o freio de mão

Ao colocar na posição P o câmbio é travado e o carro não se movimenta, por isso alguns motoristas acabam não utilizando o freio de mão. Isso é prejudicial para o câmbio. A trava é mecânica e não é feita especificamente para segurar o peso do carro. Então, sempre use o freio de mão.

 


Trocar de marchas sem necessidade

No carro automático, alguns motoristas trocam frequentemente para a posição Neutra (N) ou para a marcha de estacionamento ao parar em semáforos ou cruzamentos. Apesar de parecer algo natural, essa troca é desnecessária e gera mais queima de combustível e alterações na temperatura interna do câmbio. Para evitar que o carro vá para a frente é aconselhável utilizar o freio, e não o câmbio.

 


Seja em carro automático ou manual os vidros do seu veículo continuam sendo de extrema importância para sua segurança e dos demais passageiros. Ao surgir uma trinca ou rachadura troque o vidro por um considerado “original de fábrica”, pois possuem os mesmos padrões produtivos e especificações das montadoras. Clique aqui e conheça mais sobre os vidros distribuídos pela Saint-Gobain Autover.
 

NEWS-VERLAUF