5 perguntas que você sempre quis fazer sobre um para-brisa trincado

Para uma direção segura e tranquila são indispensáveis diversas práticas de condução do motorista, e claro, que o veículo esteja em perfeita condição. Algumas peças do carro como motor, pneus, freio entre outras, precisam funcionar com o máximo de qualidade possível para garantir um transporte adequado e seguro. Os vidros do automóvel também fazem parte dessas componentes que precisam de todo cuidado e atenção com o seu funcionamento, você sabe por quê? Os vidros automotivos são considerados itens de segurança e estão ligados à parte estrutural do carro, além disso qualquer trinco ou rachadura no vidro do para-brisa pode dificultar a visão do motorista, o que poderá acarretar em graves acidentes. 

Por isso você deve estar pensando que quando surge uma trinca ou rachadura no vidro o motorista leva o veículo imediatamente a um especialista para efetuar a troca ou reparo, correto? Infelizmente a resposta é não! Muitos motoristas acreditam que aquele trincado não irá oferecer perigo nenhum a sua segurança, e deixam para resolver o problema apenas quando o dano já está irreversível ou quando já culminou em algum prejuízo. Nós da Saint-Gobain Autover acreditamos que a segurança deve vir sempre em primeiro lugar, por isso decidimos responder algumas perguntas frequentes que nossos usuários fizeram para nós e para o google sobre um para-brisa trincado


O vidro do para-brisa quando está trincado pode estourar? 

O vidro do para-brisa é composto por vidro laminado, um vidro considerado de segurança que é formado por duas lâminas de vidro e uma camada intermediária de PVB (Polivinil Butiral), um plástico especial que torna a peça mais resistente e flexível.  A película de PVB retém os pedaços de vidro quando o material se quebra, protegendo, desta forma, os ocupantes do veículo. Por isso, um trinco ou rachadura, mesmo em casos de acidente não fará o vidro estourar, o que pode acontecer é o vidro sair completamente do veículo. 

Isso acontece porque quando o veículo circula em estradas a velocidade é muito maior do que nas ruas e avenidas, o que reduz drasticamente a resistência ao vento, aumentando os riscos do vidro se soltar por inteiro, o que pode ocasionar um acidente grave.  


Pode viajar com o para-brisa trincado? 

Não. Além do risco do vidro se soltar por inteiro como citamos acima, o vidro do seu para-brisa ao circular em estradas estará sujeito à detritos e à força do vento, especialmente em movimento, podendo agravar a rachadura com mais facilidade. Também pode ser uma tarefa extremamente perigosa viajar nessas condições para a visão do motorista, que estará prejudicada enquanto dirige. 


Posso ser multado por circular com o para-brisa trincado? 

Trafegar com o para-brisa trincado na visão crítica do condutor, em ruas e avenidas é considerado infração grave, acarretando 5 pontos na CNH, multa de R$ 195,23 e apreensão do veículo até que o problema seja resolvido. 


Para-brisa trincado tem conserto? 

Dependendo da situação, sim. Para realizar o reparo de para-brisa a trinca não deve ocupar o campo de visão do condutor, mais conhecido por “Área crítica de visão do motorista”, nem ficar a 2,5 cm das bordas. A fissura tem de ter menos de 20 cm de comprimento e a fratura de configuração circular não pode passar de 4 cm de diâmetro, em comparação, do tamanho de uma moeda de 1 real. Fora dessas condições, a única solução é a troca do vidro. Existem outras situações em que não é possível realizar o reparo de para-brisa, clique aqui para ler a matéria que preparamos sobre o tema. 


Consigo passar na vistoria do Detran com o para-brisa trincado? 

Não. Como o nome já diz, a vistoria do Detran irá inspecionar o veículo para evitar que carros, motos, caminhões entre outros veículos trafeguem em desacordo com as especificações dos fabricantes. Segundo a resolução do CONTRAN, a área dos limpadores de para-brisa é o local que não deve ter trincas ou rachaduras. 


Podem parecer óbvias essas perguntas, mas muitas pessoas ficam com dúvidas quando passam por uma situação que nunca passaram antes, como um para-brisa trincado. A melhor solução é levar o veículo em um lugar especializado para realizar a vistoria. Caso precise efetuar a troca do vidro, conte com os vidros considerados originais de fábrica da Saint-Gobain Sekurit, que possuem as mesmas especificações e padrões produtivos das montadoras.

NEWS-VERLAUF